segunda-feira, 10 de março de 2014

Que tamanho de abóbora!

A curiosidade me levou à notícia de hoje.
Pesquisando na internet alguma receita sobre doce de abóbora para que pudesse aprimorar meus dotes culinários, encontrei vários textos sobre uma competição que acontece anualmente nos Estados Unidos.
Abaixo segue uma foto para vocês entenderem sobre o que estou falando.
                                                  Abóbora gigante -vencedora 2010

Trata-se da mais tradicional competição de produtores rurais um tanto malucos que investem no plantio e no crescimento das abóboras.O evento acontece há 40 anos.

 O último a vencer o campeonato foi o  norte-americano Ron Wallace que  bateu o recorde mundial ao cultivar uma abóbora de 911 quilos.

                                                                 Abóbora 911kg

E a loucura não se restringe aos norte-americanos. No Brasil, um casal de agricultores de Valença ,Bahia, cultiva  abóboras   que   ultrapassam os  60 quilos.É bem menor se comparada às gigantes dos nossos vizinhos.

Qual seria o segredo dessas abóboras?

Cada um tem sua receita,  não são unânimes.
Há quem diga que é carinho, é só plantar que a terra dá em troca.
Já os produtores malucos dos Estados Unidos dizem o seguinte:

*Evitar a  presença de buracos no solo e no fruto;

*Uso de hormônios naturais de crescimento;
*Atualmente o  mais comum é que os cultivadores alimentem as abóboras com um composto fermentado (água misturada com minhocas, melaço e kelp líquido) tão rico que os frutos podem chegar a ganhar 23 quilos por dia.

Independentemente do tamanho, o que queremos é que essas abóboras pequenas, médias, grandes ou gigantes se transformem em doces caseiros. Aqueles que fazem a gente lembrar o quanto são gostosos   a simplicidade, a tradição e  o gostinho de cozinha caseira.

Fica a dica!
Quem fizer um doce desses , pode me enviar!
Abraços e até a próxima!


5 comentários:

  1. #sofro com vontade de doce de abóbora com côco ... ow my God!!! risosirosos
    bjo bjo bjo

    ResponderExcluir
  2. sou louco por doce de abobora com côco ! faço qualquer coisa por um cadinho di doci di abobra ! rsrsrs !!!

    ResponderExcluir
  3. Hummm , doce de abobora com côco e um pedaço de queijo minas..............owww delicia!

    Saudades do tempo da vovó,

    ResponderExcluir
  4. É verdade,o doce de abóbora nos remete à boas lembranças. Se não tiverem tempo de preparar um,há uma boa opção no caminho que vai para a Pedrinha, em Guaratinguetá. Próximo ao hotel Sete Lagos, vai ter uma entrada a esquerda, bem onde fica uma placa "Alambique e doces caseiros". Por essa estrada o motorista dirige uns 2km e está no local . É uma casa, a dona faz doces, cachaça e licores. Deu água na boca só de falar do doce. Um beijão e obrigada pelos cometários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. BOA DICA LILIAN....QUANDO FOR PRA GUARATINGUETÁ IREI PROCURAR E COMPRAR,DOCES ,LICORES.....MUITO BOM NÉ?

      Excluir