quarta-feira, 27 de maio de 2015

O que é urgente para você?

 Nesta vida de carteira assinada (que bom) o que mais escuto para lá e para cá é gente dizer que está ocupada, que não tem tempo, que o dia é corrido, que não há hora para fazer nada. Eu também estou incluída nesta parcela. A única diferença é que martelo minha alma todos os dias com vários conceitos que aprendi com minha família e que considero serem “urgentes”.
Dizer um “obrigada”, emitir as palavrinhas milagrosas “eu te amo”, “sorrir” quando vê uma companheiro de trabalho, alguém da família, um amigo do peito, se ouvir e ser verdadeiro consigo mesmo e, por último, “abraçar” quem faz a diferença na sua vida. Estes gestos e palavras por si só fazem a diferença na vida das pessoas que os recebem e mais ainda na sua vida. Urgente também seria escrever um livro com uma bela homenagem a quem faz nossa trajetória de vida valer a pena.
Foi o que fez meu amigo jornalista e corintiano, Guilhermo Codazzi, com seu livro "Cartas Perdidas em um Mar de Palavras". Que delícia de leitura! Como a minha idade e a dele quase batem, há muitas histórias e acontecimentos incomuns. Fico muito feliz em saber que a literatura tem escritores de palavras simples e ricas. Urgente é dizer o que tem de ser dito de uma forma tão peculiar. Parabéns Guilhermo e a todos os que emitem palavras, abraçam de graça sem interesse, sorriem e dizem aquilo que soma para a vida do outro. Até a próxima.

3 comentários:

  1. Parabéns pelo seu blog Lilian! Sempre que puder vou acompanhá-la! Já havia me esquecido de quanto é bacana este mundo dos blogs... também tenho um (só precisaria desenterrá-lo! rs). Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  2. Amei saber que passou por aqui e comentou. Obrigada também aos outros comentaristas. O bom é dividirmos o bom que temos nessa vida.

    ResponderExcluir
  3. Amei saber que passou por aqui e comentou. Obrigada também aos outros comentaristas. O bom é dividirmos o bom que temos nessa vida.

    ResponderExcluir