domingo, 19 de janeiro de 2014

Uma herança boa para o mundo

Olá gente!!!!

Dias atrás olhando pela janela de casa observei uma árvore no meio do morro, ela chamava atenção, pois era a única em meio a um espaço de vegetação rasteira e erosão.
Fiquei pensando qual era a história daquela árvore. Para minha surpresa, fui descobrir que quem havia plantado a espécie era o meu pai. Ele fez isso num dia de passeio junto com os netos. Atitude simples e incrível!
Então perguntei a ele com quem tinha aprendido aquilo.Ele me disse que muitas árvores na comunidade em que moramos haviam sido plantadas por ele e o pai (meu vô, que não cheguei a conhecer).
Meu pai já ganhou meu coração faz tempo,mas com essa  ganhou minha mente e minha alma.
É simples e  incrível. É lindo e mágico.Mas é difícil e quase raro este tipo de atitude.
Há dois anos a minha sobrinha mais nova nasceu em Guaratinguetá. Um projeto muito interessante foi criado  na cidade. Tomei conhecimento da iniciativa devido ao nascimento dela.
A prefeitura resolveu dar o nome das crianças a cada árvore plantada na cidade.
Se alguém for até o Parque Ecológico Anthero dos Santos poderá conferir os nomes dessas crianças.Não tenho conhecimento se o projeto teve continuidade com a nova gestão.
Mas não é preciso iniciativa pública para fazer multiplicar o número de árvores nas cidades.
Que tal levar  o neto para plantar uma árvore em algum lugar permitido.....
Que tal plantar uma árvore antes mesmo de seu filho nascer.... 

Bom gente, esse é o texto de hoje.
Um abraço e até a próxima.
Ah, comentem, fiquem à vontade.
Mudei uma configuração no blog e agora dá para comentar textos e mandar sugestões.


7 comentários:

  1. As pessoas deveriam saber enxergar toda luz que existe em cada simples gesto, ou objeto, ou uma vista dentro das atividades rotineiras da vida...nem sempre as pessoas enxergam...eu sou uma pessoa que consigo, e pelo visto vc tb o é...parabéns! e viva o saber enxergar!

    ResponderExcluir
  2. Ótima dica Lilian! Precisamos plantar mais árvores e cuidar melhor de nosso planeta.

    ResponderExcluir
  3. isso ai Lilian...Ótima dica....mais árvores.....mais saúde.....menos poluição....!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pelos comentários. Vou plantar coqueiros e terei um jardim vertical. Quero também ter uma horta. Tomara que tenha espaço em minha casa para tantos sonhos verdes ....

    ResponderExcluir
  5. Também tenho o privilégio de contemplar as árvores que que meu pai plantou na rua em que moro.
    Lembro-me quando ele ofereceu uma muda a cada vizinho, isso na década de 70, e hoje restam somente duas em toda a extensão.
    Uma delas foi cortada recentemente, o que fez com que a polícia ambiental diligenciasse no local.
    Meu pai era um guarda florestal da polícia militar também, e quando vi uma viatura da polícia ambiental até me emocionei.
    Lembrei dele, do seu trabalho e do seu amor pelo que fazia.
    Seu texto me fez lembrar tudo isso.
    Obrigado!!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá Rogério, tudo bem? Que gostoso compartilhar contigo uma lembrança boa. Seu pai ainda é vivo? Deve ter cada história dele. Se tiver algo que julgue interessante, gostaria de contar aqui em meu blog. Alguma história relacionada ao trabalho , à proteção do meio ambiente. Um abraço e obrigada pela mensagem.

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lilian. Tudo bem, e você? Desculpe a demora em lhe responder.
    Sim, sua história me proporcionou boas lembranças dele e de seu amor pela natureza. Ele já é falecido desde 1984, quando eu tinha 15 para 16 anos.
    O tempo passa mas muita coisa boa fica na memória.
    Neste momento eu não me lembro de algo que possa ser interessante contar, mas muita coisa boa existe sim. Vez ou outra batem boas recordações, e assim que elas me ocorrerem venho aqui e posto algo a respeito.
    Grato pela atenção, e me desculpe novamente pela demora em lhe responder.
    Grande abraço!!! :)

    ResponderExcluir