segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

A bike em rima e verso!!

Hoje vou declarar a gratidão à bike, ao namorido, aos amigos, às Famílias LT, Tribo e Pedalletes, em forma de poema.  


Não troco o seu carro bonito pela minha bicicleta
Não troco o destino e as delícias de um pedal por outra meta

Acordar cedo ou sair à noite pra pedalar, até parece coisa de maluco
Mas a sensação ao completar um giro com amigos, isso sim é coisa de louco

O que dizer dessa legião colorida, que abraça, briga e vibra com a vitória? 
São anjos uniformizados, amigos do peito, para levar no coração e na memória

Ver um deles no pódio ou completando um grande passeio
Dá um orgulho. Decidi, pra vida toda ficar nesse meio. 

Coisa séria assumir um compromisso
Afinal, vai ter dia que vou tomar chá de sumiço

Por falar em sumiço, muitos explodem na velocidade no meio de um pedal ou competição
Pois a garra desses ciclistas, essa sim, é a principal munição

Nessa arena de heróis e vitoriosos
Resta evidenciar a união e alguns exemplos que nos deixam orgulhosos

Humildade de campeão, de quem está no Top 10 brasileiro
E que não mede esforços para deixar passar à frente, vencer na prova, um novo "bikeiro"
Ou que ainda conquista admiração ao incentivar novos atletas 
Porque sabe que mais do que vencer é levar para vida a cultura da bicicleta
Cuja prática nos mostra que, com união e superação, se faz concretizar a alegria de celebrar a vida
E se achar que falta convite, a gente convida
Afinal, não trata-se apenas de quilômetros somados, mas sim de trajetórias especiais
E no mundo do esporte, ter mais um, nunca é demais


Um troféu, uma torcida, inúmeras histórias
Tudo isso pra esse povo merecedor somente de vitórias
Aqui me resta apenas agradecer, afinal são nesses momentos que sinto o quanto tenho anjos para me e nos proteger.


Campeões de vida- LT Sport Bike

                                            Campeões de vida- Tribo Guará
Se segura, Edinho. Lá vem o Sergião, cheio de determinação


Pedal com ele!

Pedalettes, meninas lindas.

Galera da Tribo em habitat natural: ou seja, em casa  


4 comentários:

  1. Lindas palavras.... Sentimentos iguaia.... A foto do Eduardo Ligabo ficou top.. by Sérjão...

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, você conseguiu descrever em palavras tudo o que sentimos, nem que seja nas adversidades que a bike às vezes proporciona, estamos sempre sorrindo.by Osmair

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Osmair, obrigada pelo seu retorno. Espero que a gratidão tenha conseguida ser descrita. Apesar de que a grandeza do sentimento de alegria que sentimos ao pedalar, isso sim é muito íntimo. Fica o convite para mais loucos virem conosco, não é mesmo? Obrigada por sua mensagem e leitura. Amei.

      Excluir