sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Pretexto para tudo!



Umidade relativa do ar na casa dos 30%, quando o ideal seria 60%. 

Nos últimos dias a gente tem ouvido e muito esta  informação de meteorologistas e jornalistas. O que esses profissionais passam de "orientação' é que não se concretiza. 
Pedem para não  promovermos queimadas,pois esse tipo de atitude prejudica o ar que já está comprometido.

Justamente o que mais se vê nesta época são donos de terrenos, motoristas irresponsáveis e até cidadão que,por sinal, não merecia este título, ateando fogo em mata.

 Que pena desse meio ambiente que vive neste meio inconveniente.
Não é cabível este tipo de atitude!

Há pelo menos duas semanas tenho retornado do trabalho para a casa  e no caminho avistado muitos focos de incêndio. Na última quarta-feira foram pelo menos quatro incêndios em propriedades grandes. Um deles, prejudicava a vista do motorista que passava na via Dutra. 

Lembro que  atear fogo ao mato é crime ambiental passível de penalização com multa, cujo valor varia de R$ 500 a R$ 1 milhão, dependendo do agravante, e prisão de três a seis anos. Sanções estão previstas no artigo 41 da Lei nº 9.605/98.

O valor da multa varia de acordo com o tamanho da área atingida pelo fogo, se é de proteção ambiental, área de preservação permanente (APP), perto de minas de água, rios, cada uma segue uma determinação específica. Já quem ateia fogo em terrenos baldios pode ser penalizado com multa de 30 UFIRs, como previsto na Lei Municipal nº 2.809 de 1996.


Lembro também que de nada adianta dizer que o incêndio é criminoso. O crime maior é a herança que esses imprudentes deixam para as futuras gerações.

Uma nova frente fria vai chegar nos próximos dias.  Por enquanto, é o melhor remédio para castigar menos o meio ambiente. As áreas de instabilidades devem trazer chuva .

Mudança no tempo, falta só mudança de atitude.

5 comentários:

  1. Precisamos ter mais consciência do meio em que vivemos, respirados do mesmo ar que recebe a fumaça das queimadas... mais problemas pra frente
    ...

    ResponderExcluir
  2. Pois é, vai haver um dia em que a fumaça de um cigarro vai ser o menor problema. Teremos de usar máscaras. Estamos sendo sufocados pelas nossas próprias atitudes. Obrigada pela mensagem. Boa semana!

    ResponderExcluir
  3. Pessoas com problemas respiratórios sofrem ainda mais com essas queimadas, ontem passando pela dutra observei uma queimada, prejudicando a visibilidade e principalmente o ar. O nome correto para pessoas que colocam fogo no mato é vândalo, isso para mim é vandalismo, principalmente nessa época do ano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade. Fico triste em ver este cenário. Não somente a natureza sente,como também o nosso corpo fica castigado com tanta secura provocada de forma "criminosa" por vândalos. Obrigada pelo comentário. Boa semana!

      Excluir
  4. Mais uma faceta desse diamante que é a Lilian!

    ResponderExcluir